Estudos e Pesquisas

Perspectivas Brasileiras para o BRICS

O projeto “Perspectivas Brasileiras para o BRICS – 2022”, desenvolvido pelo CEBRI a convite da Embaixada da China no Brasil, teve por objetivo mapear tendências e definir estratégias e proposições concretas para, a partir de uma visão brasileira, informar a agenda e aprimorar a atuação conjunta e a inserção internacional do Grupo, cuja presidência rotativa cabe à China em 2022. O desenvolvimento, coordenação e resultados do projeto couberam ao CEBRI e, além do objetivo original, constituem contribuição para o debate sobre o BRICS no Brasil. O projeto reuniu cerca de 30 especialistas brasileiros de alto nível em diversas áreas (academia, sociedade civil, setor privado e setor público) em três reuniões fechadas.

O presente Sumário Executivo apresenta uma síntese das discussões. 

Compartilhe

O projeto “Perspectivas Brasileiras para o BRICS – 2022”, desenvolvido pelo CEBRI a convite da Embaixada da China no Brasil, teve por objetivo mapear tendências e definir estratégias e proposições concretas para, a partir de uma visão brasileira, informar a agenda e aprimorar a atuação conjunta e a inserção internacional do Grupo, cuja presidência rotativa cabe à China em 2022. O desenvolvimento, coordenação e resultados do projeto couberam ao CEBRI e, além do objetivo original, constituem contribuição para o debate sobre o BRICS no Brasil. O projeto reuniu cerca de 30 especialistas brasileiros de alto nível em diversas áreas (academia, sociedade civil, setor privado e setor público) em três reuniões fechadas.

O presente Sumário Executivo apresenta uma síntese das discussões. 

Participaram dessa publicação

Marcos Caramuru
Conselheiro Consultivo Internacional

Embaixador do Brasil na China (2016-2018)

José Mário Antunes
Senior Fellow

Tatiana Rosito
Senior Fellow

Consultora Sênior do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD)

EVENTO DA PUBLICAÇÃO

MAIS DO NÚCLEO