CEBRI lança Núcleo África em conversa sobre os avanços e desafios do continente africano

África hoje: avanços e desafios

Com a retomada do protagonismo brasileiro no cenário internacional, naturalmente retomaremos à tendência historicamente significativa: o estudo das relações bilaterais entre o Brasil e as nações africanas, é o que destaca o Embaixador Gelson Fonseca Jr., Cofundador do CEBRI e Diretor do Centro de História e Documentação Diplomática (CHDD) da Fundação Alexandre de Gusmão (FUNAG), na abertura do evento “África hoje: avanços e desafios”.

Em uma conversa com Antonia Aparecida Quintão, Pesquisadora Sênior do CEBRI, Presidente do Geledés Instituto da Mulher Negra e vice-presidente do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, Mathias Alencastro, Assessor Especial do Ministério da Fazenda, e Embaixador Carlos Sérgio Sobral Duarte, Secretário de África e Oriente Médio do Ministério das Relações Exteriores, foram discutidas questões importantes para a agenda comum do Brasil e dos países africanos.

A importância do estudo das relações entre o Brasil e a África e da promoção do diálogo e da conexão com os países africanos foi debatida no encontro. “Promover conexões com países africanos é extremamente valioso para o Brasil porque certamente contribuirá para a nossa sustentabilidade social e para o nosso fortalecimento como nação, na medida em que promove um encontro do Brasil com o Brasil. O Brasil com a sua essência, com as suas raízes e a sua identidade”, reflete Antonia Aparecida Quintão.

Com moderação de Antonio Augusto Martins César, Senior Fellow do CEBRI e Chefe de Gabinete da Secretaria de África e Oriente Médio do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, o evento discutiu ainda temas como a importância da História da África para a constituição do Brasil, as transições de poder em países africanos e como a dimensão populacional jovem e crescente coloca os países do continente como parceiros importantes para o Brasil em termos comerciais e políticos, ainda mais considerando a inclusão da União Africana no G20.

A transmissão completa do evento está disponível no canal do CEBRI no Youtube. Assista em AQUI.

Compartilhe

África hoje: avanços e desafios

Com a retomada do protagonismo brasileiro no cenário internacional, naturalmente retomaremos à tendência historicamente significativa: o estudo das relações bilaterais entre o Brasil e as nações africanas, é o que destaca o Embaixador Gelson Fonseca Jr., Cofundador do CEBRI e Diretor do Centro de História e Documentação Diplomática (CHDD) da Fundação Alexandre de Gusmão (FUNAG), na abertura do evento “África hoje: avanços e desafios”.

Em uma conversa com Antonia Aparecida Quintão, Pesquisadora Sênior do CEBRI, Presidente do Geledés Instituto da Mulher Negra e vice-presidente do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, Mathias Alencastro, Assessor Especial do Ministério da Fazenda, e Embaixador Carlos Sérgio Sobral Duarte, Secretário de África e Oriente Médio do Ministério das Relações Exteriores, foram discutidas questões importantes para a agenda comum do Brasil e dos países africanos.

A importância do estudo das relações entre o Brasil e a África e da promoção do diálogo e da conexão com os países africanos foi debatida no encontro. “Promover conexões com países africanos é extremamente valioso para o Brasil porque certamente contribuirá para a nossa sustentabilidade social e para o nosso fortalecimento como nação, na medida em que promove um encontro do Brasil com o Brasil. O Brasil com a sua essência, com as suas raízes e a sua identidade”, reflete Antonia Aparecida Quintão.

Com moderação de Antonio Augusto Martins César, Senior Fellow do CEBRI e Chefe de Gabinete da Secretaria de África e Oriente Médio do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, o evento discutiu ainda temas como a importância da História da África para a constituição do Brasil, as transições de poder em países africanos e como a dimensão populacional jovem e crescente coloca os países do continente como parceiros importantes para o Brasil em termos comerciais e políticos, ainda mais considerando a inclusão da União Africana no G20.

A transmissão completa do evento está disponível no canal do CEBRI no Youtube. Assista em AQUI.

MAIS NOTíCIAS