Eventos presenciais

Breaking News | Os primeiros 40 dias: Em que direção marcha a França de Macron?

28 de junho de 2017

Um ano depois de lançar o movimento "Em Marcha!" pela renovação da política francesa, Emmanuel Macron tornou-se presidente com 66% dos votos. O desafio de criar a sua base de apoio entre os 577 deputados da Assembleia Nacional não parece distante nas eleições legislativas dos dias 11 e 18 de junho. Mantendo o discurso de campanha, Macron montou um governo auto classificado de centro com claro tom liberal e modernizador na economia e com apoio a questões de sociedade simpáticas à esquerda. O seu governo parece ter chances reais de avançar em reformas relevantes para a França e para o fortalecimento da União Europeia e do Euro, buscando uma nova narrativa e um padrão de governança diferenciado em resposta à crise de representação política na França. A questão relevante é se as respostas que seu governo oferecerá à França e à Europa terão sucesso e sustentação ao longo de seu mandato.

Que obstáculos a República poderá encontrar pelo caminho e quais implicações de um eventual fracasso de seu governo? Para responder a estas e outras perguntas, o CEBRI e a Casa do Saber Rio recebem o Prof. Dominique Moïsi, do think tank francês, Institut Montaigne (por videoconferência), o Embaixador Marcos Azambuja, Conselheiro Emérito do CEBRI, e o Dr. Octavio de Barros, economista, do Instituto República/Institut République.

Data:

28 de junho de 2017

Local:

Casa do Saber, Rio de Janeiro

Idioma:

Português

Compartilhe

Um ano depois de lançar o movimento "Em Marcha!" pela renovação da política francesa, Emmanuel Macron tornou-se presidente com 66% dos votos. O desafio de criar a sua base de apoio entre os 577 deputados da Assembleia Nacional não parece distante nas eleições legislativas dos dias 11 e 18 de junho. Mantendo o discurso de campanha, Macron montou um governo auto classificado de centro com claro tom liberal e modernizador na economia e com apoio a questões de sociedade simpáticas à esquerda. O seu governo parece ter chances reais de avançar em reformas relevantes para a França e para o fortalecimento da União Europeia e do Euro, buscando uma nova narrativa e um padrão de governança diferenciado em resposta à crise de representação política na França. A questão relevante é se as respostas que seu governo oferecerá à França e à Europa terão sucesso e sustentação ao longo de seu mandato.

Que obstáculos a República poderá encontrar pelo caminho e quais implicações de um eventual fracasso de seu governo? Para responder a estas e outras perguntas, o CEBRI e a Casa do Saber Rio recebem o Prof. Dominique Moïsi, do think tank francês, Institut Montaigne (por videoconferência), o Embaixador Marcos Azambuja, Conselheiro Emérito do CEBRI, e o Dr. Octavio de Barros, economista, do Instituto República/Institut République.

Abertura e Moderação

Marcos Azambuja
Conselheiro Emérito

Ex-Secretário-Geral do Ministério das Relações Exteriores

PUBLICAÇÕES DO EVENTO

O THINK TANK DE REFERÊNCIA EM
RELAÇÕES INTERNACIONAIS DO BRASIL

Faça parte dessa rede!
ASSOCIE-SE