Version EnglishENGLISH VERSION

Reformas e tendências políticas e econômicas na China e perspectivas sobre o futuro das relações Brasil-China

Mon Feb 17 00:00:00 BRT 2014

Imagem evento destaque

Documentos e Apresentações

Conteúdo

O Conselho Empresarial Brasil-China (CEBC), em parceria com a Vale, com o Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) e com o Centro Brasileiro de Relações Internacionais (CEBRI), promove no dia 17 de fevereiro, segunda-feira, às 14:30, o seminário “Reformas e tendências políticas e econômicas na China e perspectivas sobre o futuro das relações Brasil-China”, com o Dr. Cheng Li, Diretor de Pesquisa do Programa de Política Externa e Senior Fellow do John L. Thornton China Center da Brookings Institution, nos Estados Unidos.

Na ocasião, o economista ministrará painel sobre “As reformas e as perspectivas políticas e econômicas na China”. Em seguida, será realizado um debate sobre os “40 anos da Relação Brasil-China: fomentando uma parceria de longo prazo”, no qual participarão o Embaixador Francisco Mauro Brasil de Holanda, Chefe do Departamento da Ásia do Leste do MRE, o Diretor Executivo de Ferrosos e Estratégia da Vale, José Carlos Martins, o Embaixador Luiz Augusto Castro Neves, Presidente do Conselho Curador do Centro Brasileiro de Relações Internacionais (CEBRI), o Ministro Conselheiro da Embaixada da China no Brasil, Sr. Wang Qingyuan, e o Presidente do Bank of China, Sr. Zhang Dongxiang.

O evento abordará as tendências políticas e econômicas, com base nas reformas procedentes do 3º Pleno do Partido Comunista Chinês, realizado em novembro do ano passado, assim como a evolução das relações sino-brasileiras que completam 40 anos, em 2014.

Brasil e China apresentam, no ambiente econômico contemporâneo, uma inegável complementaridade, que vem sendo constantemente explorada e expandida com os esforços governamentais e empresariais brasileiros e chineses. No âmbito comercial, há de se comemorar o recorde no fluxo de comércio entre os dois países, registrado em 2013, no qual foi contabilizada uma soma de US$ 83 bilhões, confirmando, desde 2009, o país asiático como o principal parceiro econômico do Brasil. Destaque também deve ser dado à evolução dos mecanismos bilaterais de diálogo estabelecidos ao longo da última década, como a Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível de Concertação e Cooperação (COSBAN) e os Planos de Ação Conjunta entre o Brasil e a China, instrumentos que proporcionam espaço para o direcionamento das trocas, em diversos níveis, entre os dois países. O ano de 2014 será mais um marco para as relações sino-brasileiras, com a ocasião da visita oficial do presidente chinês Xi Jinping ao Brasil, reunião dos BRICS e as celebrações dos 40 anos das relações diplomáticas. É um momento oportuno para reflexão sobre o desenvolvimento deste relacionamento e fortalecimento dos laços já existentes, de forma a ampliar a cooperação bilateral e elevar as relações a um patamar ainda mais estratégico.

Cheng Li é autor de vários livros e tem aconselhado governos, empresas e organizações sem fins lucrativos que trabalham na China. O economista também é membro de instituições como: Grupo Consultivo Acadêmico do Grupo Congresso US-China de Trabalho e Council on Foreign Relation.

O Seminário será restrito a empresas associadas e convidados.

voltar

Local

Avenida República do Chile - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Brasil

Mon Feb 17 00:00:00 BRT 2014
14:30

Informações gerais

DÚVIDAS OU CONTATO

Centro Brasileiro de Relações Internacionais